Recuperar da cegueira através da cirurgia à catarata

Contexto

A catarata é uma área nublada no cristalino do olho, causando perda de visão parcial  e eventualmente cegueira se a membrana não for removida  por via cirúrgica. A visão pode ser restaurada através da remoção cirúrgica da lente afectada e substituindo-a por uma artificial. A catarata é responsável por metade da cegueira no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), embora possa ser tratada, evitando-se assim a perda da visão ou restaurá-la. Em Angola, apenas Luanda e Benguela têm centros de oftalmologia. Nas restantes 16 províncias, milhares de angolanos são cegos ou estão correndo o risco de cegueira por catarata, devido à falta de acesso aos cuidados de oftalmologia e respectiva cirurgia.

Desde 2012, um vasto público afectado, nas províncias angolanas teve serviços de rastreio de oftalmologia e cirurgia à catarata. A partir de 2015, a Solidariedade Evangélica (SOLE) é o único promotor privado de saúde que realiza cirurgias aos olhos fora de Luanda e Benguela. Os seus cirurgiões operam em vários hospitais regionais e clínicas baseados no amor fraterno e na própria clínica da SOLE,  em Benguela. São usadas duas técnicas de cirurgia: micro-incisão cirúrgica de catarata (MICS) e faco-emulsificação.

A actividade principal é aumentar o número de profissionais de saúde competentes em oftalmologia, através de formação adequada. Além de consultas, cirurgias e formação, o projecto forneceu cirurgia e equipamentos de cuidados de oftalmologia ao hospital do IEBA em Mbanza Congo, servindo a região norte. Em 2014, mais de 25.000 consultas foram realizadas, sendo 10.000 em centros em vias de expansão. Neste ano, mais de 3000 cirurgias foram realizadas, com 1000 pacientes noutros  centros igualmente em vias de expansão. Metas anuais até ao final do ciclo do projecto incluem: triagem de 25.000 pessoas; realizando 3000 cirurgias à catarata; e formação de enfermeiros e médicos angolanos na triagem e cirurgia.

As actividades ocorrem em oito províncias. O núcleo base está em Benguela, sendo extensivo o apoio ao Zaire, Cunene, Huambo, Bié, Cuando Cubango-, Lunda-Sul e Cuanza-Sul.

O primeiro projecto foi iniciado em 2013. Em Março de 2015, este projecto foi reforçado e terminará em Outubro de 2016.

About

Baixar
Iniciando
Março de 2015
Final
Outubro de 2016
Áreas principais
Saúde
Províncias
Todos
Parceiros Os parceiros de implementação incluem Solidariedade Evangélica (SOLE), em parceria com a Igreja Evangélica Baptista de Angola (IEBA), a Igreja Católica, Igreja Evangélica Congregacional de Angola (IECA), Igreja Evangélica dos Irmãos e Convenção Baptista de Angola (CBA)