Água potável nas comunidades rurais

AJ1_4338

Contexto

O fornecimento de água potável nas zonas suburbanas e rurais de Angola continua a ser inadequado. De acordo com as Nações Unidas, apenas 28 por cento da população nas áreas rurais tem acesso à água potável. Na província do Bié, a maior parte dos pontos de água não estão funcionais.

O facto de a água não ser potável gera graves problemas de saúde pública nos focos populacionais mais pobres, afectando os mais desmunidos, sobretudo as crianças, provocando diarreia e outras doenças, contribuindo deste modo para o aumento da taxa de morbidade e mortalidade infantil. O problema ganha uma outra dimensão punindo ainda  mulheres e crianças responsáveis pelo transporte de água, um autêntico desperdício de tempo. As doenças transmitidas pela água contaminada e o tempo gasto no seu transporte resultam em perdas económicas significativas para os grupos sociais mais desfavorecidos.

O projecto irá assegurar o acesso à água potável a 210 comunidades nas áreas rurais remotas de Benguela, Bié e Huambo.

As actividades principais do projecto incluem:

  • Fazer novos furos usando tecnologia de perfuração de baixo custo
  • Reabilitar antigos pontos de distribuição de água.
  • Formar técnicos locais na manutenção de furos
  • Instruir as comunidades sobre melhoramento de normas de higiene e saneamento.

As autoridades locais ajudam a identificar as comunidades-alvo, constituídas por núcleos populacionais, cada um acima de 300 pessoas. Estas comunidades devem igualmente certificar-se de que esses núcleos não têm defecação a céu aberto e de que conhecem e zelam pelas normas de higiene e de saneamento.

Em consonância com a Política Nacional de Gestão da Água Comunitária cada comunidade vai criar uma comissão responsável pela gestão técnica e financeira dos pontos de água. Essas mesmas comissões coordenarão em conjunto com os departamentos provinciais de água e energia.

Uma pequena equipa técnica e uma pessoa de referência para cada município receberão formação pelo People in Need (PIN) nas áreas da manutenção, reparação e do fornecimento de peças de reposição. O sector privado envolverá a participação de jovens empresários locais de modo a garantirem um fornecimento de materiais e peças de reposição de qualidade para as bombas de água, bem como criar competências na área da comercialização.

O projecto está localizado em seis municípios rurais nas províncias de Benguela, Bié e Huambo, e terá como alvo 84.000 pessoas. Aproximadamente 20 por cento do público-alvo são crianças com menos de 5 anos.

O principal parceiro de implementação é o People in Need (PIN)

About

Baixar
Iniciando
Março de 2015
Final
Março de 2017
Áreas principais
Desenvolvimento Local
Províncias
Bié, Huambo & Benguela
Parceiros People in Need (PIN)